Download da Central

Em função de problemas com os vários programas de afiliados, as postagens da Central estarão sendo interrompidas. O blog continuará no ar e continuará cumprindo a sua função de agregar blogs parceiros; apenas terá as postagens interrompidas.

Nos próximos dias, eu, Sr. X, estarei lançando um novo blog, e postarei textos novos por lá. O novo blog será listado na Central.



Repetindo: a Central continuará no ar!




De qualquer forma, para aqueles que tiverem interesse em fazer download do blog, o link está abaixo.



Baixe o arquivo, crie um blog no blogspot e importe o arquivo para lá. Todas as postagens publicadas até aqui estarão disponíveis, além dos comentários.

A opção selecionar texto e copiar foi reativada.

Quem quiser explicações adicionais, posta aí nos comentários, que eu respondo.

Forte abraço.

Os 12 trabalhos de Hércules para formar um homem

Por comediante

Elogia a bunda dela


Mandar lavar louça - nova modinha


Conheça a Lulu - ou Porque homens NÃO DEVEM usar facebook

Quantas vezes você pesquisou uma pessoa no Facebook, Google, ou pediu informações a amigos e familiares antes de sair em um primeiro encontro? Eu vou admitir que eu sempre faço as minhas "Diligências" (todas fazem isso!). 

Um novo aplicativo, chamado Lulu, pretende fazer este trabalho para você, permitindo que usuárias possam classificar seus amigos homens, namorados e ex-namorados em seu banco de dados on-line.

"As mulheres gostam de compartilhar; eles gostam de trocar informações, e de ter suas experiências validadas pelos amigos", disse a presidente-executiva Alexandra Chong, que surgiu com a ideia em um café da manhã com as amigas.

"Há muitas informações poderosas compartilhadas no facebook, e ninguém está se dando conta disso", disse Chong, que fundou Lulu com sua amiga Alison Schwartz (Sr. X: parece nome de nazista). "Agora é hora de criar produtos de mulheres para mulheres".

Quando as usuárias fazem o download da Lulu (precisa ter 18 anos para acessar o app), ele sincroniza com suas contas no Facebook para verificar se é do sexo feminino (através da informação de sexo), além da idade. Homens não conseguem acessar o app. Lulu verifica sua lista de contatos e, em seguida, classifica os homens - colegas de trabalho e velhos amigos de escola podem receber a mesma classificação de um estranho total.

Uma vez no aplicativo, você pode ler as opiniões anônimas postadas por outras usuárias do aplicativo Lulu, adicionar suas próprias classificações, criar um perfil Lulu para um homem, escolhendo uma foto e adicionar o seu nome no banco de dados. O aplicativo pede para você identificar seu relacionamento com um homem qualquer a fim de levantar a ficha dele. Não há como saber se as opiniões levantadas são reais ou inventadas.

As notas atribuídas ao homem são extraídas de questionários, e se baseiam em uma escala de 10 pontos. São abordados fatores como habilidades, ética no trabalho, aparência, humor, boas maneiras e relacionamentos passados, usando várias hashtags pré-escritas. Não existe um texto aberto e livre. A própria usuária diz quais característica são ou não relevantes.

O aplicativo também mostra o status de relacionamento, idade e onde estudou, caso estas informações estejam disponíveis no facebook. Usando dados de localização, os homens disponíveis em sua área também aparecerão no feed de Lulu.

As usuárias são anônimas, e não podem ser avaliadas. A atividade ocorre totalmente fora do facebook, e não é visível para os amigos. Porém, as usuárias podem compartilhar, umas com as outras, perfis e hashtags pesquisáveis.

As fundadoras dizem que o app serve para avaliar celebridades. Cameron Winklevoss, de 31 anos, empresário milionário, teve classificação 7 de 10.

Os homens podem remover seus perfis de Lulu por meio de outro aplicativo: LuluDude.

As fundadoras dizem que Lulu não é uma espécie de fórum para realizar vinganças, como divulgar segredos  profundos dos ex-namorados (Sr. X: faça-me rir!). Ao contrário, a maioria dos comentários são positivos. "Os comentários postados em Lulu colocam ênfase na sabedoria coletiva", diz Schwartz.


--------------------------------------------------------

Sr. X enfiemalulunoolhodeseuscus: As mulheres modernas estão cada vez mais maquiavélicas, crueis, exigentes e, agora, paranoicas! Elas procuram, a todo momento, formas criativas e sádicas de nos avaliar, descobrir segredos impublicáveis e falar mal de ex-namorados; e a indústria parece estar pronta para atender a esta demanda feminina.

Meu conselho: evite publicar dados em seu facebook. Evite postar coisas úteis. Poste apenas lixo; compartilhe apenas imagens engraçadas ou frases de efeito. Não fale nada sobre você, porque nunca se sabe quando uma putinha vai visualizar esta informação e usá-la para te avaliar. Ou, de preferência, não acesse aquela bosta, para seu próprio bem.

Qual será a próxima invenção dessas putas arrombadas? Medidores de pau online?

A carga social

Por Maverick

Não Reclame pelo tempo que perdeu, mas não o perca mais.

Por MikeDellaney

Como os direitos trabalhistas fodem com o trabalhador


Trabalho. Mais trabalho. Patrão filho da puta enchendo a sua mesa, cobrando prazos, qualidade. Medo de ser demitido. Salário baixo, que mal dá pra se sustentar, e tem que ser suficiente pra sustentar a família inteira. Camelôs e ambulantes se alastrando pela cidade feito uma praga. E, pra coroar, os preços da cesta básica subindo.

Para refletir


Por Terrível

Alfas e betas - sexo anal


Vadias tentam pagar taxista com boquete e se dão mal

Por Conde de Monte Cristo

Mulheres preferem homens bonitos a ricos?

Um estudo da Universidade de Saint Andrews, da Escócia, diz que as mulheres estão se importando mais com a aparência física dos homens do que com a conta bancária. Mas será que o resultado dessa pesquisa vale para as brasileiras? Será que elas preferem os bonitos aos ricos?

Idiocracia

Imagem

Para quem já viu esse filme, vou colocar aqui uma noticia que vi hoje, me fez lembrar desse filme.....

Mulher é baleada e compartilha momento da morte no Facebook

15 Jul 2013 . 21:28 h . Com informações de agências . portal@d24am.com
Um assaltante invadiu a casa de Edna e a matou com um tiro no peito e outro na cabeça

Espírito Santo - A internauta Edna Célia, 41, usuária assídua da rede social, morreu minutos após compartilhar um status dizendo que havia sido baleada.

"Acabei de levar um tiro aqui dento de casa", escreveu Edna, por volta das 23h do domingo (14).

O "Jornal de Tucuruí e Região", do Espírito Santo, onde ela vivia, confirmou a morte.

Segundo a publicação, um assaltante invadiu a casa de Edna e a matou com um tiro no peito e outro na cabeça.

O socorro chegou a ser enviado ao local, mas Edna morreu antes de ser atendida.

O status foi apagado da rede social.

http://www.d24am.com/noticias/brasil/mu ... book/91284






Cu carente


Machismo para mulheres

Por Jason X

Aumentando o seu valor sexual - parte 5 - sociabilidade

Que diabos a sociabilidade tem a ver com valor sexual, Sr. X? Está ficando paranoico com esse papo de valor sexual, achando que tudo se resume a sexo, caralho! Se tu quiser pegar mulher, tem que ficar rico, bombado, bonito, e manter o desapego pra não se fuder com elas! Não precisa de amigo cuzão, de ficar de risinho pras vadias, porque, afinal de contas, amigo não serve pra nada!

Marcha dos cafajestes


Virei um merda!?

Dúvida respondida pelo Sr. X. Resposta inusitada

Musculação


[Relato] Cortando a palhaçada

Relato do Donni Yen, comentado pelo White Jaws

Quando engravidei, meu namorado pensou que tinha sido acidente. Não foi!

Querida Prudie,

Te fazendo se sentir culpado


Empreendedorismo e liberdade financeira


Por Petulante

Bolsa esmola e seus reais efeitos


video



Criar um programa social com o objetivo de ajudar os mais pobres é algo que atrai muitos votos, além de tranquilizar a consciência dos mais ricos (fiz a minha parte, ui). É muito fácil montar todo um esquema para, simplesmente, tomar dinheiro de algumas pessoas, segurar uma parte para si e depositar o resto na conta de outras e dizer que, no final das contas, houve "justiça social". Afinal, como eles dizem, tudo foi feito com "a melhor das intenções": DIMINUIR A POBREZA.

Não curto gordas


[Prozac] Vadias se frustram na balada

Postado por C.O.B.R.A. e comentado por Conde de Monte Cristo

Os mais bonitos são favorecidos na vida, diz pesquisa

Ciência mostra que os mais bonitos são favorecidos mesmo em áreas que nada têm a ver com a aparência, como dar aulas, praticar esportes e até ser absolvidos em crimes

por Alexandre de Santi

[BALZAQUEOLOGIA] As coroas que querem viver como novinhas

Por Shy Guy

Chega de internet por hoje


Favelados provocam acidente pra impressionar mulheres

Por Autentico

Aumentando o seu valor sexual - Parte 4 - Aparência

Um assunto muito pouco discutido dentro dos fóruns, blogs e grupos da Real é a aparência. Se fala muito em musculação, ganhar dinheiro, desapego, atitude, mas o tema aparência recebe muito menos atenção que deveria levar.

[Reflexão]Desenvolvimento e frustração


Tópico foda do War, que rendeu excelentes respostas. Como está difícil escolher as melhores, aqui vou abrir uma exceção e postar todas as respostas pertinentes.

Pegar mulheres de igreja

Dúvida respondida por John Reese

Mulher finge bem


Beleza importa SIM e eu vou PROVAR de uma vez por TODAS (texto do SK recuperado)

 

Se tem uma coisa eu me IRRITO PROFUNDAMENTE é quando as pessoas dizem que beleza não importa e que a beleza está nos olhos de quem vê. PAREM DE FALAR ISSO AGORA. As pessoas repetem clichês como se fossem Jumentos adestrados e isso ACABA com minha vida. Eu sou feio pra kacete e elas me mandam essas palhaçadas pra cima de mim e eu fico furioso. 

Por isso que eu decidi DE UMA VEZ POR TODAS destruir mitos sobre beleza e mostrar que pessoas feias são fudidas, tristes, arrombadas, humilhadas e não tem 1/3 da qualidade de vida das pessoas bonitas que tem uma vida fácil e melhor.

E como eu vou destruir estes mitos? Eu fiz A MAIOR COLETÂNEA DA HISTÓRIA DA INTERNET DE ESTUDOS COMPROVANDO QUE BELEZA IMPORTA SIM e influencia na vida das pessoas. 

MITO 1 - Beleza não influi na vida das pessoas nas esferas sentimentais, profissionais e econômicas

Não seu pau no *? NÃO? INFLUENCIA SIM. E as influências são absurdamente brutais que simplesmente podem selar o destino da pessoa.

- ''Mulheres bonitas e homens bonitos são julgados mais talentosos, honestos, gentis e inteligentes que seus colegas. Estudos controlados mostram que as pessoas se esforçam mais pra ajudar pessoas atraentes - do mesmo sexo e do sexo oposto - porque elas querem ser aceitas e amadas pelas pessoas bonitas.''

- Há perdas salariais pra pessoas feias e ganhos salariais pras bonitas. Pessoas feias ganham menos que o salário médio e pessoas bonitas ganha mais que o salário médio. A ''penalidade'' por ser feio pros homens é de 9% enquanto o prêmio por ser belo é de 5% . Pras mulheres, a feiúra prejudica em - 5% e a beleza aumenta em +4%. Isso nos EUA. 

- Na Inglaterra homens feios e mulheres feias tem -18% e -11% respectivamente no salário, e bonitos e bonitas ganham um prêmio de 1% pela beleza. Na China é o contrário: a feiúra prejudica mais as mulheres feias, porém a beleza é maior premiada também nelas. 

- Aparentemente em todas as ocupações de emprego, a penalidade por ser feio é maior nos homens que nas mulheres.

- Estudantes bonitos recebem melhores avaliações e atenção dos professores.

- Criminosos mais bonitos recebem menores sentenças. Suspeitos feios tem mais trabalho pra provar sua inocência

- Pacientes bonitos recebem tratamento mais personalizado de seus médicos.

- Em outro estudo, pessoas avaliadas como muito atraentes ganham 12% até 15% mais que aqueles não bonitos. Pessoas moderadamente bonitas ganham 7% menos que os mais bonitos.

- Pessoas bonitas são dadas características positivas automaticamente: Elas já são vistas automaticamente como mais cooperativas e ajudantes não importa o que façam. Pessoas bonitas são mais bem sucedidas e populares que as pessoas feias.

- ''As pessoas bonitas confiam mais em suas próprias habilidades em entrevistas de emprego e, portanto, têm mais sucesso que os feios na hora de brigar por vagas que oferecem salários maiores. Quando os empregadores avaliaram apenas o currículo dos candidatos, a aparência física não influenciou a estimativa. Mas, quando entrevistas cara-a-cara e conversas telefônicas apresentaram resultados positivos para os mais belos.''

Tá gostando de apanhar de mim? Eu tenho mais porretadas pra dar na sua cara. Vamos observar características físicas famosas que são fatores de beleza universais e como elas influenciam positivamente.

- Pessoas obesas ganham menos e têm mais dificuldade para arrumar trabalho e ganham até 40% menos em casos extremos.

-- Mulheres gorduchas tem mais chances de estarem desempregadas e as que estão empregadas ganham 5% menos que as magras

- Aparentemente, mulheres com melhor dentição ganhavam 4% mais com as que tinham pior dentição.

- Homens e mulheres com a voz considerada atraente tendem a ter uma vida sexual mais ativa e tem mais parceiros ao longo da vida. Também foi constatada uma relação entre a voz e o tipo físico de seu dono. Vozes mais sedutoras correspondiam, em geral, a pessoas tidas como mais bonitas.

- Homens altos ganham mais que homens baixos. Um ano de experiência no mercado de trabalho equivale a 50mm de altura. Uma das razões é que homens mais altos invocam MAIS RESPEITO.

- Pessoas altas ganham mais durante suas carreiras e cada centimetro corresponde a mais $789 doláres anuais no pagamento. 

- O salário médio inicial dos estudantes mais altos recém-formados era 12% maior que o dos baixinhos.

- Quase todos os presidentes americanos eleitos eram mais altos que os candidatos rivais.

- Mães que tem bebês bonitos passaram mais tempo carregando-o no colo, fazendo carinho, conversando com ele, e olhando nos olhos do que mães com bebês horrorosos.

- Pessoas bonitas encontram parceiros sexuais mais facilmente.

- Pessoas bonitas tem um QI maior.

- Pessoas bonitas tem melhores genes, menos problemas na coluna e apresentam desenvolvimento mais saudável.

- Homens mais fortes e musculosos tem mais parceiras sexuais e perdem a virginidade mais cedo

- Homens bonitos fazem mais sexo casual e tem mais casos fora do relacionamento fixo.

Mito 2 e 3 - ''BELEZA É RELATIVA'' e ''BELEZA ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ''

Não é não seu politicamente correto otário. Aprenda:

''Os padrões de beleza não apenas são os mesmos para diferentes culturas e indivíduos, mas eles também são inatos. Nós nascemos com a idéia do que é bonito ou não.''

Em todos os estudos da psicologia, dentro dos Estados Unidos, seja asiático ou brancos, ou brancos e negros concordam em quais faces são mais ou menos bonitas. Em diferentes culturas há considerável concordância no julgamento da beleza )...) em nenhum dos estudos o grau de exposição a mídia ocidental teve nenhuma influência nas percepções das pessoas de beleza. Como é possível que pessoas de tão diversas culturas concordem em que é bonito ou não?

Parece que as pessoas de diferentes culturas compartilham os mesmos padrões de beleza porque eles são INATOS; nós nascemos com o conhecimento do que é bonito ou não. Dois estudos conduzidos (...) com crianças de 2 a 3 meses olham mais tempo pra rostos que julguem bonitos. Bebês são bastante hedonistas e não tem maneiras então eles olham aquilo que consideram agradável. Quando os bebês olham pra algo mais tempo do que o resto, isto indica que eles preferem olhar aquilo que acham atraente.''

É possível medir a beleza de uma pessoa também. Há 3 fatores de beleza, simetria bilateral, medianidade e características sexuais secundárias. Quanto melhor estes fatores mais bonito tu és e melhores serão seus genes, QI e desenvolvimento físico e de saúde.




Ou seja eu acabei de PROVAR PRA SEMPRE que as pessoas bonitas fazem mais sexo, tem melhores genes, ganham mais, tem melhores empregos, recebem mais ajuda e cooperação, ganham respeito automático, namoram mais, vivem mais, tem melhor prole, enfim, tem todo tipo de facilidades de vida em TODOS OS SETORES DA VIDA. 

E também provei que beleza não é relativa, os cientistas já provaram que nascemos sabendo o que é belo ou não, e que em todas as culturas a beleza é parecida. Feio é feio em qualquer lugar e vai se fuder seja numa aldeia indígena nunca antes vista seja numa megalópole avançada.

Da próxima vez que falar * sobre beleza e feiúra, pense em mim com um cassetete na mão pronto a te quebrar os dentes destruindo tuas falácias politicamente corretas.

NUNCA MAIS tu vais poder dizer que beleza não importa.

Fontes:

http://www.psychologytoday.com/blog/the-scientific-fundamentalist/200805/all-stereotypes-are-true-except-iii-beauty-is-only-skin-de
http://www.cnn.com/2005/US/Careers/07/08/looks/ 
http://freakonomics.blogs.nytimes.com/2009/06/19/why-skinny-stays-in-the-picture/ 
http://freakonomics.blogs.nytimes.com/2008/05/26/the-economics-of-teeth-and-other-beauty-premiums/ 
http://books.google.com.br/books?id=S0rkL_Unl-cC&pg=PA409&lpg=PA409&dq=beautiful+people+are+viewed+as+more+honest&source=bl&ots=md9PZAMxmC&sig=xZz05tahGFXwnfW8kwBT0ng8m84&hl=pt-BR&ei=mmo9StvOFKLQMsjZ6LoO&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=1 
http://www.dailymail.co.uk/news/article-474859/Beautiful-people-earn-ugly-workmates-says-study.html 
http://www.independent.co.uk/news/science/beautiful-people-earn-12-more-than-ugly-bettys-461261.html 
http://www.psychologytoday.com/blog/the-scientific-fundamentalist/200805/all-stereotypes-are-true-except-iii-beauty-is-only-skin-de
http://www.psychologytoday.com/blog/the-scientific-fundamentalist/200804/all-stereotypes-are-true-except-ii-beauty-is-in-the-eye-thhttp://hypescience.com/ 
http://delas.ig.com.br/materias/236001-236500/236493/236493_1.html 

http://www.psychologytoday.com/

Pergunta: mulher se apaixona?

Dúvida respondida pelo Sr. X

Homer Simpson


Meu Relato

Por Wrathchild7

Explicando preços usando maçãs


Cada vez que eu vejo uma notícia de que o governo vai intervir em algum setor econômico, para forçar os preços para baixo ou para cima, ou, ainda, para barrar novos concorrentes, me dá calafrios. Primeiro porque sei que cada intervenção do governo significa preços mais altos, produtos e serviços piores, ou, simplesmente, desaparecimento total do produto/serviço. Segundo, porque sei que o brasileiro é ignorante demais para entender os reais efeitos das intervenções do governo; e, por não entender, dificilmente irão protestar contra tais intervenções.

Pegarei a senha do face dela, mas medo de achar algo

Dúvida respondida pelo Sr. X

Limpar histórico vaginal


[Texto] Por que, ou você muda ou...

Por MikeDelaney

Barbie jamanta tenta aliviar o lado das gordas

Mulher feia é como limão


Mulher é condenada à prisão perpétua por cortar pênis do marido

29 Jun (Reuters) - Um juiz sentenciou à prisão perpétua com possibilidade de condicional uma mulher no sul da Califórnia que decepou o pênis de seu marido e o jogou no triturador de lixo.

Mulher ensinando a manter paspalhos na Friendzone

Leitura altamente revoltante.

Radiação do celular pode reduzir testosterona.

Trazido por Desmus

Como o feminismo atua na sociedade: Com e sem real


[Relato] Cretinice feminina que me deixou puto hoje

Por JoshHarvey

Sexo anal - verdades inconvenientes

video

Aumentando o seu valor sexual - Parte 3 - Musculação

Tem muito nego paspalho por aí achando que musculação se resume a fazer supino e rosca direta, encher o rabo de "uêi protein" e injetar bomba. Não se dão o trabalho de estudar um pouco que seja sobre o assunto (que, para sua informação, é MUITO EXTENSO) e já correm para a academia, fazendo os exercícios sem programação, sem se aquecer antes do treino, colocando um peso monstro e pedindo ajuda pra fazer as séries, manginando as vadias que aparecem lá com calça socada no cu, atrapalhando os caras que estão malhando com perguntas imbecis; como se não bastasse, comem um monte de porcaria industrializada, dormem mal pra caralho e (O PIOR ERRO DE TODOS) fodem com as finanças pessoais pra melhorar o "shape".

20 centavos

Feminista declara que gosta de ser torturada no sexo

Quando conheci Doug em um site de relacionamentos, em 2005, nós tínhamos 26 anos e vivíamos em Washington, D.C. Os dois recém-saídos de relacionamentos sérios, os dois com uma jornada de trabalho longa em empregos que amávamos. Em nosso primeiro encontro, embora tivéssemos apenas nos beijado, ele disse que eu não seria mais a mesma quando ele fizesse sexo comigo. Eu sabia que ele estava certo – eu só não sabia o que aquilo significava. Nenhum de nós sabia.

Você é um produto que está sendo vendido para as mulheres.


Muitas vezes, nos meus largos passos dentro a fundo da internet, ainda me deparo com pobres jovens em sites de namoro, pua e etc, se perguntando e batendo na mesma tecla, sobre a INCRÍVEL busca para entender o cérebro feminino e finalmente, "do que elas gostam mais", ou, o que as fazem escolher cara X ao invés de cara Y, e assim por diante.

Homens das cavernas não puxavam o cabelo das mulheres

A situação é apenas uma piada: veja um exemplo do estereótipo nessa charge
© Autor desconhecido

Você sabia que os homens das cavernas não puxavam suas mulheres pelo cabelo? Há um mito a respeito disso muito popular na mídia, tanto em livros de ficção, desenhos animados, filmes, principalmente com tom de comédia. O "fato" seria o de que os homens da caverna bateriam na cabeça das mulheres da caverna com um tacape, para atordoá-la, quando queriam acasalar. Depois agarrariam a fêmea pelo cabelo e levariam-na arrastando até onde desejassem, como prova de masculinidade. Vejam mais sobre isso no resto da postagem!


Mas isso não passa de mito, isso mesmo MITO criado pela ficção.Segundo o site "Teoricamente Falando", o mito surgiu no século 19 em livros de ficção sobre a vida dos homens pré-históricos, sendo que um exemplo desse gênero é o livro francês “Etudes antédeluviennes? avant les hommes Paris. L’Homme fósseis” por Boitard Pierre de 1861. 

Na verdade pouco sabemos do comportamento dos homens pré-históricos. Sabemos que algumas espécies mais evoluídas usavam instrumentos porque encontramos os instrumentos. Sabemos que alguns viveram em cavernas e caçavam por suas pinturas deixadas nas rochas. Mas um comportamento deste tipo, como bater na fêmea e arrastá-la não só é estranho como absurdo. 

Não estou falando que deviam ser civilizados, tratar a fêmea com carinho, mas penso pelo ponto de vista da saúde mesmo, quem iria querer ferir a fêmea com que acasalará em seguida, podendo comprometer a saúde da prole, pois pancadas na cabeça poderiam causar sérios ferimentos, não tanto externos, mas sim internos? Enfim, não há muito sobre esse mito na internet a não ser a reprodução incansável dele, mas convenhamos que a mídia sempre acaba por estereotipar pessoas e animais.

Homens PRECISAM olhar para outras mulheres continuamente

- Homens sentem mais atração sexual por DESCONHECIDAS do que por mulheres familiares;
- Mulheres, ao contrário, sentem mais atração por homens familiares (exceto se o desconhecido for alfa);
- A preferência sexual do homem por desconhecidas garante uma prole farta;




comportamento mulheres dos 15 aos 25 anos

Relato - Frings


Confrades, após muito refletir e protelar, resolvi fazer meu relato para contar a vocês um pouco da minha história.
Desejo paciência a todos que forem ler, ficou muito extenso, mas vale a pena.

Início:

Falarei brevemente sobre mim.

Por que “FRINGS”? Como expliquei a alguns confrades há um tempo, nada mais são do que as iniciais dos meus nomes e sobrenomes trocadas de posição (FRING) e um + “S” no final.

Tive uma criação honrada e com valores, sempre vendo a felicidade do casamento dos meus pais, que sempre se amaram e sempre foi bem tradicional, com valores, respeito e parceria.
Meu pai sempre foi um cara tranquilo, que todos gostavam, gente boa, honrado e um verdadeiro homem de família. 

Quando eu tinha 12 anos, ele faleceu. Aos 12 tive que virar o homem da casa e cuidar da minha mãe, que ficou muito abalada no início. Essa época foi muito difícil pra mim, sofri, mas sofri calado. Minha mãe perdera o amor da sua vida e eu precisava ser forte por ela. Nesse mesmo ano, eu quase reprovei na escola. Mas demos a volta por cima e continuamos batalhando e sentindo a falta dele.

Partilho aqui uma teoria que acredito (e que já foi falada no fórum) de que um dos grandes agentes da Matrix são nossas próprias mães. Minha mãe nunca mais olhou pra outro homem, até hoje, 9 anos depois ela ainda o ama e valoriza tudo que ele deixou para nós, desde sua sabedoria até os bens materiais e sempre relembra das histórias divertidas que tiveram. Logo, dá pra perceber que desde cedo acreditei no mito do amor romântico. Tudo, além da doutrinação, por conta do exemplo que tive em casa.

Pra minha sorte, sempre fui ensinado que deveria tomar cuidado com mulher, pois nem todo mundo presta. Talvez por isso, não me fudi tanto como alguns confrades na vida. Mas me ferrei também.

A Matrix e os Relacionamentos

O Começo

Como sempre acreditei em alma-gêmea, amor à primeira vista, etc. Eu sempre me ferrei na mão das meninas que eu gostava. Eu nunca tive problema de “chegar” em meninas que eram apenas conhecidas ou desconhecidas. Mas quando se tratava das meninas que eu gostava...Sempre me decepcionei. Passei uns 2 anos na friendzone com uma “amiga” da escola. Minha sorte é que eu era muito ‘babaca’. Sempre gostei de ser o centro das atenções, praticava bullying, zuava os “amigos”. Mesmo assim, todos me adoravam, eu era um dos palhaços da turma, mas sempre fui amigo e leal. A figura popular foi só um jeito que eu aprendi para me enturmar e ter muitos “amigos”. Para essa menina da friendzone, eu escrevi uma carta e meu “melhor amigo” também escreveu uma carta para a menina que ele gostava e entregamos para elas no mesmo dia. Nunca recebemos resposta, :facepalm:facepalm eterno.
Eu andava com ela de braço dado (QUE HUMILHANTE, :facepalm: ) e mais uma outra “amiga” no intervalo do lanche na escola. Até o dia que eu vi um grupo de “amigos” rindo de mim e apontando, como se eu fosse um grande trouxa que jamais iria pegar ela. Eles estavam certos, mas nesse dia eu caí na Real e nunca mais andei com elas.

Como disse antes, eu fui crescendo indo pra inúmeras festas, pegando várias meninas em algumas, nenhuma em outras (sentindo-me um fracassado por não beijar ninguém), e o tempo foi passando, fui me relacionando com algumas meninas, mas nada sério, e tudo pra esquecer ela.

Nesse meio tempo, eu conheci outra menina, (2 anos mais nova que eu), e esqueci da outra. Mas por essa eu fiquei bem mais apaixonado que pela primeira ( :facepalm: ), e essa friendzone bem pior. Eu ficava offline no msn esperando ela entrar, entrava exatamente junto com ela, pra fingir que entramos juntos :facepalm: . E claro, pra manter a friendzone para sempre, ela quase sempre me chamava para conversa e o mangina ficava super feliz pela migalha de atenção. E quando ela não me chamava, eu ficava arrasado e super triste.:angry:

E foi seguindo, eu manginando e sendo amigo dela e sofrendo pq queria ser namorado kk. Certo dia, enquanto conversava com ela, na saída da escola, chegou uma amiga dela, que chamarei de “MN” (Mais Nova), ela se apresentou e começou a conversar com a gente. Ela foi bem legal comigo e tudo. Só que nem dei bola. E fomos conversando e conversando.

No meio desse ano, houve um churrasco com uns amigos da época, era só álcool e várias piriguetes, eu fiquei bêbado e comecei a dar em cima de uma vadiazinha qualquer, pedi uma camisinha pro meu amigo e levei ela pro quarto do irmão do dono da festa e comi minha primeira mulher. Ao invés de me fazer bem, eu fiquei triste pra caralho nos dias seguintes. Pois eu nem sabia o nome dela, ela nem sabia o meu, será que as mulheres são todas assim? (começou aqui a pequena veia da Real na minha cabeça). 

Mas, como todo bom matrixiano, quis pagar de fodão e fazer pouco caso, como se fosse só mais uma e escolhi ignorar meu pensamento. Minha vida foi continuando, fui pegando uma ou outra, aqui e ali, sem jamais namorar. A “amiga da friendzone 2 anos mais nova” estava namorando com um colega meu, então desencanei de vez dela. Foi uma das melhores fases da minha vida, até aquela época, finalmente não estava apegado a nenhuma mulher...até o momento.

Primeira Queda

Passado quase 1 ano, continuei falando quase que diariamente com MN, ela se apaixonou por mim. Ela ia sempre atrás de mim e me procurava. Mas claro, eu era “desapegado”, era popular, pegava algumas mulheres em festa e era 2 anos mais velho. Imaginem a emoção de dominar um homem assim. 

E foi o que ela fez. Eu comecei a me apaixonar por ela, comecei a ficar mais disponível a ela. Então nos encontramos em uma festa e ficamos. Foi tudo lindo e maravilhoso (pobre matrixiano). Até eu ficar apegado e começar a falar de futuro e namoro. Um tempo depois, ela ficou extremamente fria. Eu não sabia o que eu tinha feito de errado, achei que a tinha magoado, me culpei por estar perdendo ela. Então ela aparecia do nada e reacendia a chama da paixão. E em seguida sumia. Não respondia minhas mensagens, ligações. A culpa que eu sentia por ela se transformou em mágoa e a mágoa virou raiva, muita raiva. Eu peguei o pouco orgulho que eu tinha e não a procurei mais.

Passado algumas semanas, ela me chama no MSN e me manda uma vinheta que todos estavam falando na época. Eu simplesmente a respondi com isso “:)”. Ela depois tentou puxar assunto, e eu demorava um bom tempo pra responder e qnd respondia, era totalmente seco. Aí ela me deixou de mão.

Alguns meses depois, eu me mudei para outra cidade, mas perto da minha cidade, em função de trabalho da minha mãe.

A Segunda Queda e o Inferno

Passados alguns meses, mexendo no Orkut, vi um perfil de uma mediana, mas pegável, nos amigos de um conhecido meu. A visitei, ela visitou de volta e eu deixei uma cantada escrota na página dela, ela respondeu, riu e me adicionou. (notem aqui os grande indícios de vadiagem, perfil aberto, com fotos. Scrapbook liberado. Adicionar desconhecido, entre outros). E então minha ruína começou, confrades.

Conversamos muito durante alguns meses, ela disse que me amava, e eu acreditei, tudo em poucos meses de conversas por msn e celular, eu sempre a elogiando e etc.

Fui passar o natal, ano-novo e as férias na minha cidade. Minha primeira atitude no dia seguinte da chegada? Pedí-la em namoro. Facepalm. E ela, muito feliz, aceitou.
Passamos o primeiro mês muito bem. Até eu voltar pra minha cidade. Detalhe que ela é 1 ano mais velha. Ela fez o vestibular e iniciou na faculdade. Aqui meu inferno emocional começou. Ela sempre foi ciumenta, mas se tornou muito mais. E fez jogos psicológicos até eu ceder e me tornar também um ciumento e obsessivo. 

Minha vida se tornou um inferno. Eu fazia de tudo por ela, deixava de sair com os “amigos” da cidade nova, mandava presentes por correio, acordava cedo pra mandar mensagem de bom dia. Comprava passagens pra ela vir me visitar. E ela cada vez mais fria e distante. Aí no meio do ano fui visita-la e tivemos a nossa primeira vez. Ela disse que era virgem, mas eu não acredito. Enfim, o sexo era fenomenal, já que eu a amava e ela era o amor da minha vida, KKKK. Tomei um senhor chá de buceta e fiquei cada vez mais submisso. Quando eu ia visitá-la, ela era um anjo e o sexo era maravilhoso. Aí logo que eu pisava na minha cidade, ela mostrava sua verdadeira face. Mais infernos emocionais e mais submissão. Eu deixava de sair de casa para não desagradá-la. 

Todos os meus “amigos” não entendiam como uma mediana de merda daquelas conseguiu me dobrar desse jeito. Nem preciso dizer que quase não via meus amigos de infância pra ficar com ela quando eu ia pra minha cidade. Uma das coisas que me arrependo até hoje é de ter apresentado ela a alguns dos meus amigos. Ela adicionou quase todos no Orkut e mantinha contato com eles e eles gostavam dela. Isso me magoou muito, depois explicarei pq. Eu nem preciso dizer pra vocês o quanto ela me fez sofrer com os ciúmes, o quanto ela me infernizou, falava com amigos sem maldade alguma, mantinha contato com as pessoas que queria, sempre era muito requisitada.

Ela tinha sempre vontade de sair, ir pra festa, vivia me pedindo e eu, por ser ciumento, não deixava de jeito nenhum (facepalm) tudo pra infernizar o otário aqui. Até que um dia ela ficou na faculdade até mais tarde em uma “pequena” confraternização na faculdade. Ela chegou quase 11 horas da noite e me disse que a culpa era dos ônibus. Eu engoli, mas não acreditei. Aquilo foi muito humilhante pra mim, me senti um lixo, nem preciso dizer que meus ciúmes aumentaram e que eu entrei em um sofrimento psíquico fudido.

Ficamos mal pra caralho e ela sempre na inocência, se fazendo de coitada, que eu era muito paranóico, me colocando como monstro. A verdadeira vadia segundo o conceito de NA. E fui levando. Nas oportunidades que podia, ia visita-la e recebia mais chá de buceta. E uma das piores coisas que aconteceu nesse tempo foi eu ficar contra a minha mãe (que não aprovava o namoro, pq será?) e ficar a favor dela.



Aí aconteceu que ela foi no aniversário da irmã de um amigo de infância. Ela apenas me comunicou, pois, segundo ela, era muito importante pro amigo dela ela ir e tal. Pronto, pra mim, havia sido a gota d’água. Fiquei muito chateado. Levei mais uns meses e pedi um tempo, ela chorou e fez o maior drama. Esse tempo durou 2 dias kkkkkkkkk, apegado do jeito que era, acabei deixando de mão. :facepalm: 

Passamos o ano novo e natal longe um do outro, nem fiz questão de saber onde ela iria passar, eu já não aguentava mais sofrer. Então ela veio pra cá. Passamos umas 2 semanas tranquilamente e então eu criei bolas, juntei os pequenos pedaços de homem que eu ainda tinha e terminei. Ela chorou, esperneou, fez drama. Mas eu fui irredutível e foi pra casa com o ego despedaçado, jamais esperaria isso de mim. :fuckyou: 

Ficamos conversando mais umas semanas por MSN e celular. Um dia meu amigo viu ela andando de carro com um macho e logo me avisou. E então eu descobri que ela havia combinado de sair com um “amigo” em um certo dia. Eu vi a conversa no facebook. Ela estava chamando o "amigo" para dar uma volta, pra todo mundo ver no facebosta. E não tinham nem duas semanas que a gente tinha terminado, se não me engano. Eu fiquei muito puto. Liguei pra ela e pedi satisfação, mas não falei pra ela que tinha visto a conversa e sim que um amigo meu tinha visto. Então, ela foi MUITO dissimulada e mentiu muito descaradamente, como se estivesse falando normalmente. Me disse que o "amigo" tava mal e pediu pra sair com ela kkkkk. Aí eu disse meu trunfo, então ela logo mudou de discurso, disse que botou no facebook pq sabia que eu olharia kkkkk. Foi cômico. Nunca tinha percebido o grau de vadiagem dela. Aquilo me quebrou, vi como eu sempre fui burro. :rocket: 

Virei homem de vez, honrei minhas bolas e deletei ela de todas as redes sociais, mudei meu número de telefone. Cortei todos os contatos. Minha magoa com meus “amigos” foi que mesmo depois disso tudo, eles continuaram falando normalmente com ela. Foi como se nada tivesse acontecido. Vez ou outra vieram me contar algo dela e eu fui curto, grosso e rompi contato com eles também. 

A Descoberta da Real

O rompimento do namoro foi no início daquele ano. 2 meses depois, eu já estava começando a melhorar psiquicamente. Estava participando de uma comunidade no orkut e alguém postou um vídeo do Bolsonaro metendo a Real. Eu achei demais e fiz uma postagem “metendo a real”. Nisso, um conhecido meu, que foi quem postou isso, e que a gente sempre trocava ideias, estava conversando comigo e estávamos falando do carnaval e do que tínhamos visto e tal. Aí ele me mandou um link do blog do Silvio Koerich que era sobre o carnaval. Puta que pariu, foi uma pedrada na minha cabeça. Tudo começou a fazer sentido. Eu li todo o blog dele, descobri o do Doutrinador, descobri as comunidades. E por fim conheci Nessahan Alita. Puta que pariu. Foram tantas cacetadas que levei. Quando lia as postagens/o livro eu só fazia nota mental “eu fiz o contrário disso”. E por ai tudo foi ocorrendo. 

A Reviravolta

Eu li, mas não internalizei a Real, meio que encarei como um manual para lidar com as mulheres (tipo um PUA, só que já estava começando a absorver um pouco dos ensinamentos). Mas consegui melhorar 200% em relação ao mangina/matrixiano que eu era. Mudei minha postura, me cuidei mais, comecei a me desapegar das coisas. Comecei uma reviravolta interna e minha vida começou a encaminhar. Percebia até no cursinho, onde só tinha patricinha escrota, que me olhavam diferente e elas me davam mais moral. 
Nesse meio tempo comecei a conversar com uma “amiga” de uma “amiga” minha. Dessa vez já sabia o que as mulheres gostavam e o que elas queriam. E ela começou a gostar de mim e ela era só mais uma pra mim. Porém ela sempre foi legal comigo, ela era inteligente e bem gente boa, mas não baixei a guarda. Já bastava o que já tinha passado por me entregar a mulheres “legais”. Durante essa minha reformulada, aquela que era mais nova, que fiquei com ela, do início do relato, conversava comigo, mas eu não me mostrava sempre disponível e era sempre pouco acessível. Então ela soube que eu iria passar as férias na minha cidade (a chamarei de MN - “mais nova”).

Chegou o meio do ano e eu fui visitar minha cidade. Encontrei, no segundo dia AdA (amiga da amiga) fomos a uma praça, conversamos e ficamos. Ela ficou super encantada comigo e eu gostei dela e fomos ficando. Alguns dias depois a MN quis me visitar, na casa dos meus tios, mas não pôde. Então eu fui à casa dela, apenas para conversar, com meu primo. 5 minutos depois a gente estava se beijando. Foi algo bem estranho. Eu me senti mal, nunca fui do tipo de cara que está com uma e vai pegando outras e depois descobri que a MN estava ficando também com um cara (e nem hesitou em me beijar).

1 semana depois, no fds, a AdA, saiu pra uma festa e nem me avisou, apenas me comunicou que iria. E nem tinha pq me avisar, não tínhamos nada. Nisso eu fiquei chateado e foi bom pra eu acordar um pouco e não cair no conto da sereia.

No sábado seguinte, eu fui pra uma festa com um “amigo” de infância. Estava me achando o máximo, pois estávamos com a namorada dele e mais 2 amigas dela. Eu fiquei bem bêbado e beijei uma e logo depois propus para darmos beijo triplo com uma amiga dela e fizemos isso. Fiquei com ela a noite inteira e depois meu “amigo” foi deixar a outra amiga em casa e fomos a um motel. Foi minha primeira foda casual.

E no domingo, eu fui dar uma volta com outros “amigos” e encontrei a ex por coincidência numa festa que a gente tinha ido. Foi foda, senti algo bem ruim. Algo complicado e doloroso. Além de muita raiva. Mas não perdi a compostura. Fui lá, disse oi para ela e para suas amigas. Encontramos um grupo de amigos da menina que meu amigo tava ficando. E tinham duas meninas pegáveis. E eu queria pegar uma delas. Só que quando fomos pra pista de dança, topei com a minha ex. e a amiga dela puxou um amigo meu para dançar e a minha ex ficou me olhando. Então nos aproximamos. Ela fez todo um drama e eu peguei ela. Ela me disse que eu estava muito mudado e que eu estava irreconhecível, frio e fechado (engraçado que ela ficou molhada por causa disso, jamais acreditem no que elas dizem). Aqui cometi meu erro. Ficamos de conversar. Na terça encontrei a AdA e ficamos novamente, quase rolou algo a mais, mas ela não quis. E na quarta, a AdA, descobriu que eu tinha ficado com a Ex. ela ficou muito triste, decepcionada e magoada comigo. Eu entendi e a respeitei, desliguei o telefone e liguei pra ex. Fui pra casa dela e a comi de novo. E a noite fomos a uma festa e, chegando na casa dela, a comi na escada.

Me senti um lixo, pra ser sincero. Comecei a sentir a Matrix querendo me absorver, quase tive uma recaída. Então, falando ao telefone, eu disse pra ela que seríamos apenas amigos e ela aceitou de boa, como se não fosse nada. Nisso, eu estava falando com a AdA também. E pedi desculpas a ela e que ela fosse me visitar antes de eu viajar. Ela aceitou. Ela foi onde eu estava e, após, uma conversa, ficamos. Isso mesmo. Ela aceitou que eu a tivesse “traído” e disse que gostava muito de mim e como a gente não tinha nada, ela entendia. E fui ficando com ela até o dia que fui embora, ela fazendo juras de amor e tudo. Mas no dia da viagem, nós deixamos claro que jamais funcionaria e pronto.

Consequências

Quando cheguei a minha cidade, os infernos emocionais tentaram voltar. A ex ficou me enchendo o saco DIRETO (esqueci de falar que quando eu a deletei das redes sociais, ela criou fakes pra falar comigo). Me ligava, mandava mensagens. Tive que trocar de número de novo. Dessa vez eu dei o número para alguns poucos amigos e para a AdA (e para a amiga dela, a que nos apresentou).
A ex falou com essa “amiga” minha e pediu pra ela me dizer pra eu falar com ela pelo msn. Eu não quis então a minha “amiga” disse: “conversava com a ela, pela nossa amizade...”. Eu não acreditei no que tava lendo. Eu aceitei, ela falou uma bando de merda pra mim, que EU queria voltar a namorar com ela. E várias mentiras. Eu dei umas respostas pra ela e a chamei de louca e respondi “fique bem” e a bloqueei. Vocês acham que ela me deixou de mão? Negativo, confrades. Depois de uns dias, ela ficou me ligando e mandando mensagens do celular. Mudei de número, de novo. Mas não passei pra nenhum “amigo” meu. E perdi o contato com todos, via celular.

Atualidade

Segui minha vida, meus estudos. Tentando sempre internalizar a Real e melhorar. Curti e curto bastante minha vida. Tive minha fase "cafa" (que fica pra um outro relato). Hoje estou numa fase mais tranquila, com algumas marmitas e focado no meu desenvolvimento pessoal. Ainda tenho muito a melhorar.

Eu agradeço e vou sempre agradecer à Real e a vocês, confrades, que tornaram tudo isso possível. A partir das minhas vivências, eu tive a certeza que a Real salva vidas.

Obrigado, Real. Obrigado, Fórum. Obrigado, Confrades. :beer: 

Frings, do Fórum Mundo Realista. :sentido: